#004

13:53

(por Isabela)

Era tão errado quanto andar na contramão. Na verdade, era exatamente essa a sensação, a de estar fazendo alguma coisa tão absurda e tão obviamente errada, que todos tinham olhares julgadores. Mas por mais torto que fosse, era tão bom. E antes fosse um crime, mas ela só estava criando expectativas. Talvez, se houvesse algum tipo de multa, ela não fizesse tanto. Apesar de que existem várias leis de trânsito e mais várias pessoas para infringi-las. Andar no limite de velocidade só quando há radar. Passar no farol vermelho quando o trânsito está calmo. Andar no corredor de ônibus para ir mais rápido. Criar expectativas era assim também. Era deixar de fazer para ficar parado sonhando. Era acelerar um pouquinho mais os seus afazeres só para criar um mundo impossível dentro da cabeça. Era cortar o caminho natural, onde você vai atrás daquilo que quer, e apenas esperar.

Não que a ideia de deixar as coisas acontecerem era a pior de todas. Cultivar um pensamento positivo é tão bom quanto ver aquilo que você quer acontecendo. É mais natural. É na surpresa. É uma sensação boa quando você acha uma vaga de emprego exatamente como você queria, sem ter procurado por vários dias e noites. É melhor ainda quando aquele menino bonitinho que você já fantasiou sua vida casada com ele te chama para sair em um sábado à noite. Não custa nada sonhar. A única coisa ruim disso tudo e que faz ser um erro, é que é desgastante. Frustrante. Esperançoso demais. É uma dorzinha aguda no coração, bem lá no fundo, um incômodo que não passa por nada. Nem com novos sonhos. Nem pagando a multa com o salário do fim mês.

O errado é bom e vicia. Assim como passar no farol amarelo. É só acelerar que dá. É só pensar positivo que dá. E isso nunca tem fim. Assim como você perde sua habilitação depois de várias infrações cometidas, poderiam inventar uma maneira de fazer com que esses milhões de pensamentos e suposições tivessem um limite e te proibissem de pensar depois que ele fosse atingido. Mas isso é só mais um devaneio. É mais uma súplica para que alguma dessas expectativas criadas realmente aconteçam. Uma mudança. Um jantar. Uma chance. Um alguém que buzine do carro ao lado e te avise que a porta está aberta. Um acerto ao invés de tantos erros.

You Might Also Like

0 comentários

Posts Populares

COLETIVE-SE