#006

08:36

(por Isabela)

Essa coisa sobre sonhos é que a gente nunca sabe quando parar. E isso é ótimo. Eu queria estar em um ponto onde eu pudesse escrever sobre como consegui conquistar tudo o que sempre quis. Mas faz alguns dias que eu descobri que nem ao menos sabia o que queria primeiro. Estava assistindo a um episódio do London Real, e o entrevistado falava sobre como transformou os seus sonhos em metas, direcionando suas ações para conseguir aquilo que queria.
Foi então que percebi como estava sendo tão errada. Tenho mania de começar as coisas e não terminar. Tenho começos de sobra, mas eles não me dão nenhuma boa história. Como eu queria, como eu ousava a continuar criando novos planos, se eu não colocava nenhum em prática? A maioria deles não dependia de sorte ou destino. Dependiam só e apenas de mim.
Eu nunca vou parar de sonhar. Talvez o melhor para mim seja continuar criando diversas possibilidades dentro da minha cabeça, talvez eu me sinta mais viva assim. Mas agora eu sei que eu não tenho mais de cobrar da vida para que ela faça tudo o que quero acontecer. Preciso cobrar de mim mesma. Preciso ser o vento que vai levar meu barquinho de papel em direção ao desconhecido, e preciso ser minha própria âncora para saber exatamente onde parar quando encontrar o que procurava durante esse tempo todo.

You Might Also Like

0 comentários

Posts Populares

COLETIVE-SE